• K8Bank

Transparência e Segurança no Registro de Boletos

Atualizado: 13 de jul. de 2021



Buscando maior transparência para o mercado de meios de pagamentos, ao final de 2018, a Febran (Federação Brasileira de Bancos) implementou a “Nova Plataforma da Cobrança”, e os boletos não registrados foram extintos trazendo novas regras de emissões. A mudança garante segurança, transparência e agilidade para toda a sociedade. 


O boleto nada mais é do que uma forma de cobrança e uma opção aos clientes que não trabalham com outras formas de pagamento. Em alguns casos, é também uma forma de estimular o pagamento à vista com desconto, tendo em vista o risco de parcelamento no boleto com clientes que possuem histórico de maus pagadores.


A diferença entre boletos registrados e não registrados é quantidade e dados constantes nos mesmos. A modalidade sem registro acabava por se tornar uma grande dor de cabeça por não oferecer segurança aos usuários, uma vez que, se os dados do beneficiário forem alterados, outra pessoa receberá o crédito. Como não há um registro no sistema do banco, essas informações não eram verificadas no ato do pagamento, não sendo possível contestá-las.


Já no caso da emissão de um boleto registrado existe a criação de um arquivo que forneça à instituição financeira os dados do sacado (pagador). Este arquivo é enviado aos bancos que, no momento da confirmação do pagamento, efetuam a conferência dos dados. No caso de divergências, o pagamento não é autorizado.

Os bancos (considerados instituições financeiras) têm a permissão para cobrança de diferentes taxas, o que significa que as mesmas podem variar de um para outro.


  • Registro: valor cobrado no momento do registro, mesmo que o boleto nunca seja liquidado;

  • Liquidação: quando o banco recebe o pagamento do boleto;

  • Permanência/manutenção: se após um determinado período o título permanecer em aberto, o banco pode cobrar taxas a mais sobre o boleto;

  • Baixa: alguns bancos têm a opção de baixar automaticamente (remover da plataforma) os títulos depois de uma determinada quantidade de dias do seu vencimento ou registro;

  • Alteração de dados: se houver necessidade de editar algum dado do boleto, alguns bancos cobram por esse procedimento.

É importante destacar que o valor da emissão do boleto não poderá ser repassado para os clientes, uma vez que, segundo o Código de Direito do Consumidor, essa prática é proibida.


Existem dois tipos de boleto registrado:


  • Proposta/oferta: os e-commerce trabalham com esta modalidade de boleto. O pagamento até a data de vencimento significa que a oferta foi aceita, e o não pagamento indica que houve desistência da compra, o que não configura consequências ao comprador, como protestos por inadimplência.

  • Cobrança/dívida: o oposto do anterior. O não pagamento implica em protestos e adição aos órgãos de proteção ao crédito.

OK8Bank oferece o processamento de pagamentos sem complicações!

Confira algumas vantagens em ser cliente K8:


  • receba em sua conta K8Bank os pagamentos de forma rápida e segura;

  • gere cobranças por meio de dados variáveis e receba em sua conta K8Bank;

  • gerencie seu dinheiro fazendo transferências para qualquer banco;

  • facilite a tomada de decisão através do painel inteligente combinado com relatórios eficazes.


Ficou com dúvidas? Entre em contato conosco através das nossas redes sociais, pelo e-mail contato@k8bank.com.br, pelas nossas redes sociais e seja bem vindo!


11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo